Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia
Início do conteúdo

Trajetória da Agroecologia no Vale do Taquari é tema de livro lançado na Uergs em Encantado

Publicação:

mãos femininas em close. A mão esquerda segura um smartphone com o texto "Articulando a Agroecologia em rede no Vale do Taquari/RS" na tela. A mão direita segura uma caneta com a inteção de escrever em um caderno.
Livro foi organizado por professora e egressa da Uergs em Encantado.

Resultados da implantação do Núcleo de Estudos em Agroecologia e Produção Orgânica no Território Rural Vale do Taquari  (NEA VT) estão relatados em um livro lançado pela unidade da Uergs em Encantado. A obra “Articulando a Agroecologia em rede no Vale do Taquari/RS” é composta por 12 capítulos que contam a trajetória histórica da Agroecologia na Região. A publicação foi organizada pela professora da Uergs Elaine Biondo e pela egressa do curso de Desenvolvimento Rural e Gestão Agroindustrial, da Uergs, Cândida Zanetti.

O livro foi produzido durante o segundo semestre de 2020 e reúne artigos que são fruto do projeto de Pesquisa sobre a constituição do NEA VT, desenvolvido de março de 2018 a outubro de 2020, com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq). O Núcleo é coordenado pela Uergs e composto por uma rede de entidades que atuam, por meio de pesquisas e atividades de ensino e extensão, no fortalecimento da Agroecologia, além de colaborar com questões relacionadas à segurança e à soberania alimentar. 

Integram o NEA VT a Emater/RS, o Arranjo Produtivo Local (APL), a Articulação  em  Agroecologia  do  Vale  do  Taquari (AAVT), o Centro de Apoio e Promoção da Agroecologia (Capa), o Colegiado de Desenvolvimento Territorial do Vale do Taquari (Codeter) e o Colégio Teutônia.

“O projeto [de criação do Núcleo] catalisou e alavancou o que já vinha sendo desenvolvido, aprofundando as trocas coletivas, especialmente aspectos relacionados à produção de base ecológica e às plantas alimentícias não convencionais”, explica Elaine.

A publicação relata o resultado de um trabalho coletivo e em rede, articulado pelas organizadoras do projeto, estudantes e pesquisadores junto a agricultores familiares e às entidades participantes. “Foram realizados eventos, visitas técnicas, tardes de campo, cursos rápidos e muitos encontros de sementes crioulas, junto dos agricultores” conta a docente. 

Devido à pandemia, as reuniões para a organização e montagem do livro tiveram que ser realizadas de modo remoto. No entanto, para Cândida, isso não atrapalhou o processo, pois ela e Elaine já se conheciam pessoalmente e já haviam trabalhado juntas em outras ocasiões.  “Desde o início tive a oportunidade de trabalhar com a professora Elaine Biondo na Uergs em Encantado e foi justamente por essa proximidade e caminhada que ela me convidou para ajudar na organização da publicação”, relata Cândida.

A publicação do livro é, para Elaine, uma grande realização pessoal e profissional, além de auxiliar no entendimento de que a Agroecologia é uma ciência que valoriza os agroecossistemas e os saberes, práticas, manejos e vivências de quem vive da agricultura familiar. Para a docente, esse trabalho também mostra a força da coletividade e a importância da parceria entre as entidades parceiras, o que reforça todo o trabalho com Agroecologia na região. “O livro traz um pouco da nossa história como universidade pública na região de Encantado, e confirma a missão da Uergs que é a promoção do desenvolvimento sustentável”, relata a professora. 

Para Cândida, o processo de elaboração da publicação também foi produtivo e satisfatório e contribuiu para seu desenvolvimento acadêmico. “Crescemos intelectualmente e profissionalmente ao passo que, junto com os demais autores, escrevemos e organizamos, em um livro, parte da história da Agroecologia no Vale do Taquari/RS”.

 

Por: Filipe Pimentel

Edição: Daiane de Carvalho Madruga

Arquivos anexos

Mais notícias

UERGS - Universidade Estadual do Rio Grande do Sul