Governo do Estado do Rio Grande do Sul
Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia
Início do conteúdo

Realizada a primeira reunião da Comunidade Negra da Uergs

Publicação:

Encontro foi organizado por iniciativa de estudantes e docentes da Universidade.
Encontro foi organizado por iniciativa de estudantes e docentes da Universidade.

Atualizada em 14/01/2021 às 15h40.

Cerca de 40 pessoas participaram da 1ª Reunião da Comunidade Negra da Uergs, realizada nesta terça-feira (12). O encontro foi organizado por docentes e estudantes da Universidade com a intenção de intensificar as discussões que envolvem uma Educação antirracista e de incluir a Uergs no cenário de luta contra o racismo. 

Também participaram do encontro funcionários do corpo técnico e de apoio administrativo que compõem a comunidade negra da Uergs, a vice-reitora, Sandra Lemos, e a coordenadora de Qualificação Acadêmica da Uergs, Percila de Almeida.

De acordo com o professor Edurado Pacheco, um dos organizadores da iniciativa, a maioria das pessoas que participaram dessa primeira reunião são estudantes e docentes de cursos da Área das Ciências Humanas, especialmente dos cursos de Licenciatura em Artes Visuais, Dança, Letras, Música, Pedagogia e Teatro, além de estudantes do Mestrado em Educação. “Este é um dado muito relevante para a discussão que envolve uma postura antirracista da nossa Universidade”, avalia Eduardo.

Durante a reunião, foi apresentada uma breve contextualização história sobre a sua organização , apresentada pela professora Marta Nunes e pelo estudante Anderson de Oliveira, que conduziram o encontro. A ideia de organizar a comunidade surgiu durante o Fórum de Licenciaturas da Uergs, na Mesa que abordou as questões étnico-raciais.

Entre os encaminhamentos, está a formalização do grupo para que possa contribuir com o acolhimento às demandas da comunidade negra da Uergs e a criação de um curso para docentes com foco na discussão sobre o racismo e sobre o racismo institucional e o estrutural.

De acordo com Eduardo, esse foi um passo muito importante não só para a comunidade negra da Uergs, mas para toda a instituição. “Temos agora um espaço de organização, de criação de demandas e de atuação, que está em elaboração e tem como principal objetivo participar de criação de todas as políticas e diretrizes que envolvem a Uergs, ou seja, para que nossa Universidade atue numa perspectiva antirracista, criando modos de atuação a partir do entendimento de que a diferença não é marca de desigualdade”, ressalta.

A próxima reunião online está marcada para o dia 23 de março, às 17h.

 

 

Mais notícias

UERGS - Universidade Estadual do Rio Grande do Sul